Piloto Michel Terpins conquista ótimo resultado na 25ª edição do Rally dos Sertões

Para o roteiro da 25ª edição do Rally dos Sertões, a principal prova off-road do país, os competidores tiveram que passar por três estados, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Pelo segundo ano seguido, o piloto Michel Terpins e o navegador Maykel Justo, que pertencem a equipe Bull Sertões Rally Team, disputaram a prova em dupla na categoria Protótipos T1.

O veículo utilizado pela dupla foi o T-Rex, o qual é desenvolvido pela empresa MEM Motorsport. Em relação a última edição do campeonato, o carro passou por uma série de pequenas alterações, com o objetivo de deixá-lo mais competitivo e com mais potência para enfrentar os terrenos irregulares encontrados ao longo da prova.

Antes de iniciar o torneio, Michel Terpins concedeu uma entrevista na qual destacou que o Rally dos Sertões é a competição mais esperada da temporada, e também a mais desafiadora, tendo em vista que todas as etapas são verdadeiras incógnitas, preparadas para surpreender os competidores. Porém, ele também admitiu que estava bastante confiante com o seu automóvel, que além de robusto, foi equipado com um motor V8 a base de etanol, uma estratégia adotada pela dupla.

Ao todo, os competidores rodaram 3.300 quilômetros, incluindo 2.000 quilômetros de trechos especiais, com vários tipos distintos de terrenos irregulares que elevaram o nível de dificuldade da prova. Entre as cidades que fizeram parte do roteiro da competição, estão Goiânia, Goianésia, Aruanã e Santa Therezinha de Goiás, no estado de Goiás, a cidade de Barra do Garças em Mato Grosso, e Coxim, Aquidauana e Bonito no Mato Grosso do Sul.

A confiança demonstrada por Michel Terpins antes do torneio se provou acertada, tendo em vista que o piloto e a sua dupla, o navegador Maykel Justo, encerraram a sua participação na 25ª edição do Rally dos Sertões na quarta colocação no ranking geral e o primeiro lugar em sua categoria, a Protótipos T1. Finalizada do mês de agosto, a prova se caracterizou como um grande desafio para os pilotos, que precisaram controlar bem os seus automóveis em diversos momentos difíceis e complicados.

Assim, pela primeira vez o piloto Michel Terpins conquistou o seu lugar no topo do pódio no Rally dos Sertões, após participar do torneio em outras nove edições. O navegador Maykel Justo, por sua vez, já havia vencido na categoria Pró Brasil de 2014. Após essa importante vitória, o piloto comemorou muito com toda a sua equipe, tendo em vista que esse era um título muito aguardado por todos há alguns anos.

No ranking final da categoria Protótipos T1, a dupla formada por Michel Terpins e Maykel Justo terminaram a competição com o excelente tempo de 24h18min15s. Em segundo lugar, estava a dupla Mauro Guedes e Neurivan Calado, que finalizaram sua participação com 26h55min49s. Na sequência, vieram as duplas Paulo Pichini e Paulo Simões, com 28h14min43s, Gunter Hinkelmann e Vinicius Castro com o tempo de 30h28min48s, e para encerrar o Top 5 dessa categoria, a dupla Jorge Junior e Joel Kravtchenko, que tiveram o tempo de 31h27min56s.