Pulseira e adesivo que substitui cartões é lançada pelo banco Santander

O banco Santander lançou no dia 17 de novembro deste ano, uma pulseira e um adesivo que possibilita realizar pagamentos por aproximação, sem a necessidade de uso dos cartões magnéticos. As compras com cartão de crédito em 2016 chegaram a 1,14 trilhão de reais e a facilidade é o principal fator para os consumidores utilizarem dessa forma de pagamento.

Os aparelhos vest´veis, conhecido em inglês como wearables, tem seu funcionamento a partir da tecnologia NFC, sigla para Near Field Communication. Essa tecnologia é um meio de transmissão de dados via rádio, sendo mais seguro que o bluetooth e o Wifi.

O superintendente executivo de cartões do banco Santander, Rodrigo Cury, afirma que os dispositivos completam a série de idéias inovadoras que serão entregue aos clientes no decorrer do ano. “É uma solução para ser usada no cotidiano, como no transporte público, em praças de pedágio ou durante os exercícios, é bem prático e fácil de utilizar”.

Para realizar uma transação financeira, o cliente precisa apenas aproximar o seu dispositivo a máquina de cartão que tiverem essa tecnologia, e se o valor da compra realizada for menor que 50 reais, não será necessário nem a digitação da senha.

Os clientes do banco Santander com cartão Mastercard, poderão solicitar a pulseira e o adesivo nas agências ou pelo aplicativo do banco no celular, o Santander Way. O custo é de R$ 40 para a pulseira e R$ 24 para o adesivo.

O banco também disponibiliza sua própria carteira digital, além dos dispositivos, e o acesso é possibilitado através do Samsung Pay, uma carteira digital de dispositivos sul-coreanos.

Em novembro do ano passado, o banco lançou o Nubank, um serviço que não possui nenhuma tarifa de uso e o aplicativo Guia de Bolso que mostra a nova realidade dos cartões de crédito no mercado de finanças pessoais com os termos financeiros mais utilizados, onde as pessoas tinham acesso e maior controle de suas compras com atendimento personalizado para cada cliente.

 

Espaço vazio é encontrado por cientistas na Grande Pirâmide de Gizé

Uma nova publicação feita pela revista “Nature”, revelou que cientistas descobriram um grande espaço vazio entre as paredes da Grande Pirâmide de Gizé, no Egito. A descoberta faz parte de um estudo prolongado de dois anos que visa conhecer a Grande Pirâmide de Gizé. Segundo a publicação, os cientistas identificaram um grande espaço vazio entre as paredes que compõem o monumento com um tamanho estimado em 30 metros de comprimento.

O primeiro autor do estudo realizado no Egito é o japonês Kunihiro Morishima, da Universidade de Nagoya, localizada no Japão, que contou com a ajuda de pesquisadores franceses da Université Paris Saclay para a descoberta do espaço vazio nas paredes da pirâmide.

Os pesquisadores ainda não conseguiram identificar o porquê de existir um espaço vazio entre as paredes do monumento ou a função que ele têm sobre a pirâmide. Isso porque os pesquisadores contaram com uma forma indireta para acessarem o espaço vazio da pirâmide para evitar danos ao monumento.

Contudo, a comemoração mútua dos cientistas enfatizam esse acontecimento através do surgimento de novas técnicas que modernizaram a física. Segundo os pesquisadores, a descoberta só foi possível com o avanço dessas ténicas, que permitiram um avanço no estudo da pirâmide que somam mais de 200 anos de pesquisa.

Os pesquisadores disseram sobre o estudo: “Os achados mostram como a física moderna de partículas pode lançar novas luzes sobre o patrimônio arqueológico do mundo”.

O espaço vazia foi descoberto pelos cientistas através de imagens feitas em raios cósmicos das pirâmides. Esses raios cósmicos são compostos por feixes de energia em escala alta e com grande velocidade. Ao ser lançado sobre partículas, os raios cósmicos auxiliam na descoberta de informações de como as estruturas foram formadas.

As partículas formadas pelos raios cósmicos são chamadas de muões e são consideradas subatômicas. Elas são similares aos átomos de elétron e ainda se comportam como Raios x. Sendo assim, elas permitem que os cientistas possam ver através de imagens captadas em uma trajetória quase linear. As partículas ainda possuem a peculiaridade de viajar milhares de metros de pedra, sem que elas sejam absorvidas ou sumam quando são lançadas.

 

Há 14 anos o programa Bolsa Família vem atendo aos mais

No dia 20 de outubro, o programa Bolsa Família completou 14 anos com diversos aprimoramentos da gestão e melhoria para os beneficiados em uma nova etapa do programa.

Neste ano, a fila de espera foi zerada 5 vezes devido ao cruzamento de informações com a base de dados do governo federal realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Só este ano mais de 4 milhões de famílias foram excluídas do programa dado lugar a outras mais necessitadas.

O programa é uma solução de emergência para que não falte comida na mesa dos mais pobres enquanto não conseguem um emprego. O Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, ressalta que esse é um programa que ele preserva e aperfeiçoa. “O objetivo é que nenhuma família tenha como plano de vida ou projeto para os seus filhos viver somente dele”.

Em 2016 o valor que as famílias receberam teve um reajuste de 12,5%, o que não ocorria a dois anos, para o equilíbrio do déficit da inflação. O Bolsa Família atende atualmente cerca de 13 milhões de famílias e o valor pago aos beneficiários chega a R$ 2 milhões por mês.

As condições do programa envolvem os beneficiados na educação e saúde. As famílias têm que manter a frequência escolar das crianças, a vacinação em dia, e as menores de 7 anos devem ser levadas aos postos de saúde para que sejam pesadas e medidas, e terem o crescimento acompanhado. Foram 5 milhões de crianças acompanhadas de janeiro a julho deste ano, e desse total, 99% estavam com as vacinas em dia.

Na questão da educação 13,3 milhões de crianças e adolescentes beneficiários do programa foram acompanhadas na frequência escolar e desse total 96% cumpriram a assiduidade escolar, sendo 85% para alunos até 15 anos e 75% para os que têm até 17 anos de idade.

O ministro destaca que o governo vem fazendo grandes esforços para colaborar com essas famílias na superação da pobreza e destaca também que dentro desses 14 anos o Bolsa Família traz diversos programas que ajudam na melhoria da vida dos beneficiados que querem ter uma vida mais próspera e melhor.

 

José Auriemo Neto – veja importantes decisões tomadas pelo executivo da JHSF

A gestão de José Auriemo Neto na JHSF Participações deu a ele o título de “rei do luxo” paulistano. O empresário é idealizou empreendimentos de boa aceitação do público de alta renda. Residenciais multifunções, centros comerciais com grifes famosas, hotéis, restaurantes e até a administração de aeroporto executivo fazem parte do portfólio da companhia, uma das mais expressivas da América Latina.

A criação da área de shopping centers

Em 2003, quando tinha apenas 27 anos, José Auriemo assumiu o comando da empresa da família. Antes disso já participava ativamente das decisões da empresa da família, como em 2001, na época diretor, criou o setor de shopping centers da JHSF. Começava aí o que seria a principal fonte de renda recorrente da companhia, que passou a construir e administrar diferentes centros comerciais.

O primeiro o Shopping Metrô Santa Cruz, pioneiro no país a integrar-se a uma estação de metrô vendido em 2009. Além dele, a empresa também construiu e vendeu o Shopping Metrô Tucuruvi em 2016. Atualmente administra o Catarina Fashion Outlet, primeiro outlet voltado para o público de alto padrão do Brasil, o Shopping Ponta Negra, o Shopping Cidade Jardim, entre outros.

O Parque Cidade Jardim

José Auriemo Neto também é responsável pelo Parque Cidade Jardim. O complexo residencial agrega em um só endereço nove torres residenciais, três comerciais, um hotel e um shopping center de luxo. Dessa forma os residentes não precisam sair do condomínio para trabalhar, consumir ou se divertir.

Localizado em São Paulo, o empreendimento exigiu que José Auriemo Neto convencesse o pai, Fábio Auriemo, de que era uma boa ideia criar o empreendimento dessa magnitude as margens da Marginal Pinheiros, no centro de São Paulo. Segundo Fábio, a região não receberia bem oo complexo, mas foi convencido do contrário, uma vez que a entrada das torres residenciais poderia ser feita por uma rua residencial atrás da marginal.

Em 2006 as primeiras unidades foram entregues. Na ocasião, a mais em conta, um apartamento de 240 metros quadrados foi vendido por R$ 2 milhões, enquanto a mais cara foi vendida por R$ 16,6 milhões, uma cobertura tríplex com 1 700 metros quadrados. A empresa faturou com o empreendimento aproximadamente R$ 1,78 bilhão de reais, sem levar em a receita dos aluguéis dos escritórios, do shopping e do hotel.

O Fazenda Boia Vista

Entre os residenciais voltados para a classe idealizados por José Auriemo Neto está o Fazenda Boa vista. Com mais de 800 lotes e casas, o residencial está localizado em Porto Feliz, no interior paulista; o condomínio Las Piedras, em Punta del Este, no Uruguai. O terreno conta com 4,5 milhões de metros quadrados em que foram implantados 57 lotes, construídas 19 e o complexo hoteleiro administrado pelo Grupo Fasano, cuja parte das ações foram adquiridas pela JHSF.

A JHSF na bolsa

José Auriemo Neto também esteve a frente de decisões importantes para a empresa da família. Em 2007 determinou a Oferta Pública de Ações (OPA) e a partir daí a empresa começou a negociar suas ações no Novo Mercado da BMF&Bovespa. A operação foi conduzida por Eduardo Camara, que desde 2014 é o diretor-presidente-executivo da companhia.

 

Especialista da 6 dicas valiosas para lidar com a ansiedade

Mais de 13,3 milhões de pessoas sofrem de ansiedade no Brasil e o problema é mais grave do que a maioria das pessoas pensam, a ansiedade é um distúrbio que pode prejudicar muito a vida de quem sofre disso. Uma pesquisadora do Departamento de saúde publica da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, Olivia Renes, divulgou recentemente valiosas dicas sobre como lidar com a ansiedade.

De acordo com a Olivia, os transtornos podem ser percebidos nas sensações constantes de medo, inquietação e sensação de estar no limite. A pesquisadora noticiou 6 estratégias para tentar combater essa doença.

1 – Fique atento aos próprios pensamentos

Pessoas que estão sofrendo de ansiedade estão constantemente se bombardeando com pensamentos negativos. A especialista diz que não se deve fugir desses pensamentos ou preocupações, mas controla-los. Ela destaca que é interessante estipular um tempo do dia para pensar sobre os problemas.

2 – Praticar atividades físicas e meditação

Olivia explicou que o corpo e a mente são complementares, então fazer exercícios regulares concomitantemente com sessões de meditação pode ajudar.

3 – Ter um objetivo

Escolher um proposito para o dia a dia, mesmo que seja cuidar de um animal de estimação. Pessoas com ansiedade podem ter dificuldade de ver sentido na vida, então ter tarefas que o faz sentir útil reforça a sua importância e da razão para lutar.

4 – Procurar ver o lado positivo das coisas

De acordo com a Renes, por mais que seja difícil e em alguns momentos ate mesmo impossível fugir de pensamentos negativos, é importante sempre olhar algum aspecto positivo das situações e focar a mente em coisas prazerosas e de alto astral.

5 – Viver o hoje

Pensar no passado pode evocar sentimentos ruins e se focar no futuro pode aumentar ainda mais a ansiedade. Então a melhor coisa é se concentrar no que estiver fazendo no presente.

6 – Procurar ajuda

Nem sempre é possível lidar com problemas de ansiedade por conta própria, um profissional para cuidar da saúde mental pode encurtar a crise atual, assim como ajudar lidar com as crises futuras.

Luiz Carlos Trabuco deixará a presidência executiva do Bradesco em março de 2018

O diretor presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, foi anunciado como o novo presidente do conselho de administração do banco após a renúncia de Lázaro de Mello Brandão. Em março será escolhido um novo presidente e Trabuco ocupará apenas a vaga deixada por Brandão, uma vez que o estatuto impede que sejam mantidas as duas funções.

De acordo com Brandão, a renúncia foi um ato pensado por ele, para assim, haver uma renovação das lideranças do banco. Ele ressaltou a necessidade de uma renovação prudente para dar seguimento ao trabalho de qualidade desempenhado pela instituição. “É um fato histórico, temos muito zelo na condução do trabalho”, disse ele.

Lázaro Brandão foi presidente executivo entre os anos de 1981 e 1989, quando sucedeu o fundador Amador Aguiar, e presidente do conselho de administração de 1990 até este ano. O executivo afirmou que tomou a iniciativa da renúncia para preservar a presidência das empresas do grupo.

Para ele a sucessão é uma forma de preparar a instituição para as novas disposições do trabalho. Ele completou dizendo que o novo presidente deverá acompanhar os avanços tecnológicos.

O banqueiro começou sua carreira no banco em 1942 como escriturário na Casa Bancária Almeida & Cia. Um ano depois a instituição financeira deu origem ao Banco Brasileiro de Descontos S.A., atual Bradesco. Foram mais de 75 anos dedicados ao banco, o qual ele passou por vários níveis organizacionais até chegar à presidência e agora terá uma cadeira no conselho das empresas controladas pelo banco.

O posicionamento de Luiz Carlos Trabuco Cappi

Em entrevista coletiva, Luiz Carlos Trabuco Cappi afirmou: “É evidente que desde lá no passado, quando Brandão propôs ao conselho minha escolha para vice-presidente tinha um olhar sinalizador com a minha carreira”. Ele elogiou seu antecessor, dizendo a contribuição de Brandão não pode passar despercebida, uma vez que ele participou de grandes momentos da economia nos últimos 75 anos.

Em relação a escolha do sucessor na presidência executiva Trabuco ressaltou que a escolha partirá do corpo de executivos da instituição e que o nome ainda não foi decidido. “Somos um banco que privilegia a prata da casa,” diz ele.

O banqueiro deixará o cargo em março do ano que vem, após a assembleia geral ordinária de acionistas, contudo o anúncio pode ser realizado antes. Para Luiz Carlos Trabuco Cappi o Bradesco apresenta uma grande responsabilidade no Brasil, por isso se faz necessária uma liderança interna, uma “administração contínua e permanente.”

Ele enfatiza que a escolha vai respeitar os talentos da casa, em um processo normal e rotineiro.

Luiz Carlos Trabuco Cappi ingressou no banco em 1969 e passou por diferentes cargos da empresa. Formado pela UNESP em Filosofia, Ciências e Letras, foi escriturário, atuou no setor de comunicação, comandou a Seguros, foi vice-presidente e chegou a presidência executiva em 2009.

Nos últimos meses de sua gestão, Trabuco bateu na tecla da inovação e na “alfabetização digital dos clientes. Seu maior feito no banco foi a condução da compra do HSBC em 2015 pelo valor de US$ 5,2 bilhões. A compra foi considerada a maior transação do ano no país.

 

Apple demite engenheiro por sua filha postar vídeo sobre o iPhone X

Resultado de imagem para Apple demite engenheiro por sua filha postar vídeo sobre o iPhone X

Um dos maiores acordos quando um funcionário trabalha na Apple é a confidencialidade das informações e da tecnologia desenvolvida. Baseado nessa política um engenheiro da empresa foi demitido após sua filha postar um vídeo na internet com as imagens do iPhone X.

Após as imagens serem postadas no YouTube, a repercussão na internet foi grande. A youtuber Brooke Amelia Peterson, possuía um canal com poucos inscritos e poucas visualizações, mas depois da postagem de seu vídeo demonstrando o iPhone X, ela viu o seu canal atingir milhões de visualizações e conseguir vários inscritos.

O aparelho é mostrado várias vezes dentro do campus da Apple, em Cupertino. Os detalhes como o funcionamento, o design, a interface e a câmera do dispositivo são mostrados diretamente por Brooke.

O vídeo exibe aspectos que já foram divulgados por jornalistas depois do anúncio do aparelho no evento do iPhone X. Além disso, outros vazamentos já tinham mostrado tudo o que existe de novo no modelo. A grave violação das regras de confidencialidade da empresa teriam sido desrespeitadas por causa do lançamento do smartphone que não tinha sido realizado.

O vídeo que se tornou um viral na internet esteve entre os mais vistos na semana e teve diversas cópias. Brooke comenta sobre o caso e o pedido da Apple para que o vídeo fosse retirado, no entanto, houveram várias cópias que foram postadas na internet. A gravação teria sido feita no final de setembro.

Falando sobre a demissão do pai, engenheiro da equipe de desenvolvimento do iPhone X, a jovem desabafa sobre a demissão e comenta sobre os vários outros vídeos que foram vazados sobre o iPhone X antes do seu ser publicado, ao mesmo tempo ela entende que o vídeo que publicou estava violando o acordo de confidencialidade firmado pelo seu pai.

A jovem fala que a companhia não leva em consideração o caráter e nem o erro inocente que aconteceu, mas que a Apple tomou a decisão que tinha a obrigação de fazer. O vídeo de esclarecimento de Brooke já tem mais de 3,4 milhões de visualizações, o mais visto em seu canal, se comparado com os demais vídeos com uma média de três mil.

Novo índice no Brasil poderá calcular o nosso patrimônio natural

O Brasil atualmente possui diversos índices para que sejam avaliadas as taxas de emprego, o crescimento da economia, a inflação e  o desemprego.  Mas agora o país passará a ter um índice para calcular o patrimônio natural, o PIV (Produto Interno Verde), que irá avaliar os recursos da natureza como florestas, fontes de energia e rios.

O presidente brasileiro aprovou um projeto de lei, que já tinha sido aprovado pelo Congresso Nacional, tornando lei esse cálculo do patrimônio natural brasileiro.

Roberto Olindo, presidente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), falou que esse novo índice passará a integrar um grande conjunto macroeconômico de contas do Brasil. Para recebê-lo será preciso um relato detalhado dos recursos naturais, como vegetação, fontes de energia e água, para que seja possível calcular as consequências das atividades lucrativas e do aumento econômico do Brasil, sobre esse patrimônio natural. Em cima desses dados, poderão planejadas as medidas para o crescimento sustentável.

O presidente do IBGE ainda declarou, que as pesquisas das riquezas naturais serão realizadas conjuntamente entre o IBGE e os órgãos responsáveis de cada departamento, como a Agência Nacional de Águas, a Empresa de Pesquisa Energética, o Serviço Florestal Brasileiro e por outros órgãos existentes.

Esse índice irá repercutir na economia, o que foi realizado no período de um ano, sempre avaliando o quanto se gastou não só com maquinário, mas o quanto se desperdiçou de recursos naturais, o que será um dado muito importante para o planejamento, explicou Roberto Olindo.

Ele declarou ainda, que atualmente as consequências ambientais ainda não são totalmente conhecidas aqui no Brasil, sendo que esse índice é para promover os conhecimentos necessários ao país, de dados detalhados sobre os recursos naturais, e saber ainda de que forma o crescimento econômico pode influenciar nesses recursos.

O presidente do IBGE indicou como exemplo a água, já que é de extrema importância ter o conhecimento da quantidade de água existente no país, e também a maneira como ela é usada pela atividade econômica e pelos lares brasileiros.

A lei que foi criada também prevê que o cálculo seja feito pelo IBGE e seja publicado todo ano. Por incluir características amplas e complexas, não existe a possibilidade de fixar uma data para o começo da divulgação desse novo índice, acrescentou Roberto Olindo.

 

Ilha de Santa Helena será ponto turístico Remoto

A ilha Santa Helena tem uma história significativa. Quando Napoleão Bonaparte foi capturado pelos britânicos em 1815, o lugar que serviu de uma penitência para o prisioneiro, hoje é um destino almejado e de difícil acesso. O lugar é considerado uma das ilhas mais remotas do mundo, mas não ficou de fora do turismo atual.

Foram 10 semanas para que o imperador fosse levado à ilha, depois de duzentos anos, o barco do correio precisa de cinquenta por cento do tempo para chegar no local, considerando que o ponto de partida seja uma região próxima como a Cidade do Cabo, na África do Sul.

A partir de 14 de outubro, o território ultramarino britânico com uma extensão pequena receberá os primeiros voos programados, após duas semanas, o primeiro hotel de luxo de Santa Helena iniciará suas atividades. Serão 30 quartos em três prédios com uma arquitetura georgiana.

Por seu legado histórico inegável, a ilha Santa Helena é sempre lembrada como o local onde Napoleão permaneceu preso depois da derrota na batalha de Waterloo. A uma distância de 1.920 quilômetros do litoral ocidental da África, o visitante poderá apreciar a casa onde o prisioneiro viveu, inclusive com os móveis originais, atraindo com força a atenção dos turistas.

O contato com a natureza e a prática de atividades ao ar livre são opções de entretenimento. A lugar tem 121 quilômetros quadrados, propiciando passeios de bicicleta, pescaria e mergulho em águas com uma visibilidade que alcança a profundidade de 30,5 metros. Nadar com tubarões-baleia grandes e inofensivos em Santa Helena é uma oportunidade que poucos lugares podem oferecer. Observar a tartaruga chamada de Jonathan, com 185 anos e um campo de golfe com cabras no percurso é uma experiência que atrairá quem busca por cenários belos e únicos.

Na destilaria St. Helena, não por acaso recebe o título de mais remota do mundo, a especialidade da casa é o Tungi, destilado branco feito de opúncia e engarrafado em um recipiente de vidro chanfrado, em um formato que lembra a conhecida escada da ilha.

 

Pandora e Samsonite – as novas lojas do Catarina Fashion Outlet da JHSF

Resultado de imagem para CATARINA FASHION MALL

Para a alegria dos frequentadores do Catarina Fashion Outlet, mais um dos ousados empreendimentos desenvolvidos e implantados pela JHSF Participações, outubro de 2017 foi marcado pela inauguração de mais duas lojas de peso no centro comercial de luxo, a famosa joalheria dinamarquesa Pandora e a líder mundial em artigos de viagem norte-americana Samsonite.

A joalheria saiu um pouco do formato das instalações tradicionais e levou seu renomado nome para um requintado quiosque dentro do Shopping da JHSF, deste modo contribuindo com o charme e a sofisticação decorativa do lugar. Em suas vitrines são expostos os mais elegantes artigos de suas coleções clássicas e modernas, incluindo os conhecidos berloques com diferentes símbolos de conquistas, peças estas que conseguiram chamar a atenção dos amantes da moda.

Diferente da Pandora, a experiente norte-americana que atua há mais de 100 anos no mercado, decidiu investir em uma loja convencional com um espaço de 70m² para expor seus produtos inovadores de coleções próprias. Dentre as várias linhas de artigos para viagens voltadas para a moda jovem estão a XTrem e a American Tourister com suas estampas diferenciadas, cores animadas, variedades de modelos, entre outros atributos.

A Samsonite busca cada vez mais se dedicar ao desenvolvimento de novas e exclusivas tecnologias empregadas nas criações que revelem os diferenciais que a marca pode oferecer aos seus clientes por meio de produtos mais leves, resistentes, duráveis e com toque de sofisticação.

Além destas duas novidades recém-chegadas ao empreendimento da JHSF, o luxuoso centro comercial localizado em São Roque, a cerca de 30 minutos da cidade de São Paulo, abriga mais de 100 lojas que oferecem produtos eletrônicos, esportivos, artigos para casa, peças de vestuário para homens e mulheres, calçados, saúde e beleza, acessórios e muito mais.

Visando atender da melhor maneira possível o público que prima pela qualidade e diferenciais ao escolher seus produtos, o Catarina Fashion Outlet dispõe de uma vasta gama de opções encontradas em um grande mix composto por algumas das melhores marcas nacionais e importadas existentes no mercado, estando entre elas: Cris Barros, Hugo Boss, Adidas, Tory Burch, Dolce&Gabbana, Osklen, Carmen Steffens, Burberry, Montblanc, Giorgio Armani, Ermenegildo Zegna, Mixed, Carolina Herrera, Cecília Dale, Rimowa, Calvin Klein, Nike, Michael Kors e Guess. A versatilidade do Shopping também pode ser notada através das excelentes opções gastronômicas existentes no local.

Inaugurado no dia 8 de outubro de 2014, o Catarina Fashion foi o primeiro outlet do país voltado para o mercado de luxo, sendo também parte integrante de outro grande projeto da JHSF que abrange o São Paulo Catarina Aeroporto Executivo, pioneiro em aviação executiva no Brasil.

A JHSF, idealizadora de inúmeros projetos destinados ao mercado de luxo nacional, foi fundada em 1972 e acumula até os dias de hoje mais de seis milhões de metros quadrados em empreendimentos instalados em diferentes cidades do Brasil e do exterior. Como líder no mercado imobiliário de alta renda segue atuando no desenvolvimento e administração de mercados de incorporações residenciais, comerciais, shoppings centers, hotéis, aeroporto executivo internacional e setor gastronômico.